A BALADA DO AFEMINADO

A BALADA DO AFEMINADO*

(Charles Bernstein, Trad. Sandro Ornellas)

 

A verdade jaz debaixo do choro

Com o medo, a casca do luto vira couro

 

Uma democracia adulta

Definha e se torna suja

Por brutamontes que odiar

Preferem em lugar de rimar

 

As quatro letras da complexidade

Para os que têm e não têm

Mentir dados de Darwin

E endeusar o que Halliburton diz

 

A verdade jaz debaixo do choro

Com o medo, a casca do luto vira couro

 

Bandidos roubam o estoque de liberdade

O rico ganha palmas, o pobre, sete palmos

E o deus que abençoa isso

Não é deus, é discurso vazio

 

Então seja afeminado

Assuma um jeito viado

Cante uma canção libertina

E dance com saia de menina

Poesia não vence a guerra contra o terror

Mas também não repete o erro do horror

 

Nós afeminados não tememos

Razão, interdependência ou incerteza

Usamos antes e depois da luta a cabeça

Rezamos por bom senso, arte e compromisso

 

Então seja um afeminado

Cante essa canção libertina

Maricas e altivos

Nunca fugiríamos da guerra

 

Afeminados mataram cristo

Diz o DVD Platinum

Judeus, negros e gays

Aguardam sua vez

 

Desculpe-nos, matamos seu deus

Há muito, muito tempo atrás

Mas cada soldado morto no Iraque

Mata o deus interior que ainda vive

 

A verdade jaz debaixo do choro

Com o medo, a casca do luto vira couro

 

Então seja afeminado

Assuma um jeito viado

Cante uma canção libertina

E dance com saia de menina

 

Bandidos roubam o estoque de liberdade

O rico ganha palmas, o pobre, sete palmos

E o deus que abençoa isso

Não é deus, é discurso vazio

Então seja um afeminado

Cante essa canção libertina

Maricas e altivos

Nunca fugiríamos da guerra

 

Com o medo, a casca do luto vira couro

A verdade jaz debaixo do choro

 

* “Girly Men” foi a expressão que o então governador da Califórnia – Arnold Schwarzenegger – usou para se referir a quem era contra a chamada “Guerra ao Terror”.

 

THE BALLAD OF THE GIRLY MAN

(Charles Bernstein)

 

The truth is hidden in a veil of tears

The scabs of the mourners grow thick with fear

 

A democracy once proposed

Is slimmed and grimed again

By men with brute design

Who prefer hate to rime

 

Complexity’s a four-letter word

For those who count by nots and haves

Who revile the facts of Darwin

To worship the truth according to Halliburton

 

The truth is hidden in a veil of tears

The scabs of the mourners grow thick with fear

 

Thugs from hell have taken freedom’s store

The rich get richer, the poor die quicker

& the only god that sanctions that

Is no god at all but rhetorical crap

 

So be a girly man

& take a gurly stand

Sing a gurly song

& dance with a girly sarong

 

Poetry will never win the war on terror

But neither will error abetted by error

 

We girly men are not afraid

Of uncertainty or reason or interdependence

We think before we fight, then think some more

Proclaim our faith in listening, in art, in compromise

 

So be a girly man

& sing this gurly song

Sissies & proud

That we would never lie our way to war

 

The girly men killed christ

So the platinum DVD says

The Jews & blacks & gays

Are still standing in the way

 

We’re sorry we killed your god

A long, long time ago

But each dead solider in Iraq

Kills the god inside, the god that’s still not dead.

 

The truth is hidden in a veil of tears

The scabs of the mourners grow thick with fear

 

So be a girly man

& sing a gurly song

Take a gurly stand

& dance with a girly sarong

 

Thugs from hell have taken freedom’s store

The rich get richer, the poor die quicker

& the only god that sanctions that

Is no god at all but rhetorical crap

 

So be a girly man

& sing this gurly song

Sissies & proud

That we would never lie our way to war

 

The scabs of the mourners grow thick with fear

The truth is hidden in a veil of tears

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s