potlatch ii

Lá pelas tantas, no seu pós-épico Uma viagem à Índia, deparo-me com a seguinte estrofe de Gonçalo M. Tavares, como que a continuar o que escrevi em outro lugar:

Abandonando a ironia e falando seriamente:

há uma certa angústia nos homens que já se viram nus

ao lado de outros humanos.

E isto porque aí se percebe com intensidade forte (e brutal)

como um homem é coisa distinta e, portanto, inimiga

de qualquer outro. Foi a roupa que inventou a compaixão

(e provalmente a simpatia). Nus, os homens odeiam-se,

ou quando muito excitam-se; vestidos, pelo contrário,

fingem que ser da mesma espécie é mais importante que não ser

                                                                                                [o mesmo corpo.

[Gonçalo M. Tavares. Uma viagem à Índia – I,106]

***

A inibição ante a gratuidade de uma nudez. Signo que sustenta a ilusão de uma vida demasiado crente na verdade da troca, da comunicação, das escolhas e da igualdade que mercado diz nos dar. Nenhuma roupa é capaz de nos igualar se estamos “demasiadamente vestidos”, como diz Eduardo White. Por isso a nudez. Por isso o vazio da leitura de poesia. Para nos lembrar, pela angústia, de confrontar a ilusão da liberdade e praticarmos a “extrema e difícil dialética lírica” que Hilda Hilst exercita em Do desejo. Eros é um poeta com duas faces. Sua palavra é simultaneamente o dito e o interdito, o ódio e o amor. A nudez ensina a ética do desejo, assim como a poesia. Ambas também ensinam a responsabilidade pelas próprias escolhas, isto é, pelas próprias palavras. Diante disso está o medo que adoramos vestir para não nos vermos a sós diante do espelho. Como suportar a vaziez?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s