Sonho uma antologia imaginária
que reúna imagens dos filmes
que temos em nossas cabeças

Aprender a ver, cultivar fotogramas
com que sonhamos na sala escura

Imagens sem fim, imagens assim
de mim, de ti, de tudo o que no mundo
é declaração de amor
em 24 quadros por segundo

Sonho uma antologia imaginária
antologia de cristal, desejo de negativo
sem palavras, só silêncio e desenho
sobre o negro do olho que pinta e borda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s