VIRADA PLÁSTICA

KM não é um artista. KM é um ato de força atravessando a história da arte. Supremo traço. Traço suprematista. Buscar nos princípios da arte os símiles da revolução: o ícone, a linha, o volume, a cor, as formas, o volume, a textura, as dimensões e reordenar perspectivas, espessuras, tamanhos, posições, traços, continuidades, representações, etc. Seu gesto mais profundo foi trazer a arte à superfíce, foi arremessar no rosto do espectador a ilusão de realidade da perspectiva. Por isso foi perseguido. Por isso foi preso. Com esse gesto, ele pôs a nu o poder. Dos discursos. Da perspectivação. A impressão sobre o suporte era o que direcionava sua pesquisa artística. Impressão de um mundo ruindo e de outro se formando. Revolução permanente. Trotski morto no México. KM morto e redivivo por seu gesto criador: o caixão suprematista criado por ele mesmo para a sua morte. Portando seus ícones: a cruz, o quadrado e o círculo negros. No momento em que o corpo se despede, fica a marca do mais forte gesto da sua mão: uma imagem do pensamento que se prolonga – como uma prótese artística – para além dos empoeirados livros de história da arte. Nos cursos de arquitetura, de urbanismo, de artes, de design. que projetam nossos carros, canetas, notebooks, roupas coloridas, móveis, prédios, nas instalações-maquetes e nos defiles de moda. Revolução. Nada mais político do que a estética. A vida como obra de arte? A vida apontando para o futuro? Não. Ao se isolar no campo, KM se tornou um extemporâneo. Seu auto-retrato como um renascentista das cortes italianas o prova. O gesto inumano (pois humano seria avançar) de um novo humanista. Um Augusto de Campos escrevendo sonetos. Há as iluminações de Kandinski. Há os sonhos de Chagall. Há o construtivismo de Rodchenko. Mas não haveria, Kasimir Maliévitch, virada sem seu gesto.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s