POSTAGEM 21

angústia com tudo o que lhe disse. é o melhor momento, pelas possibilidades, mas não é um momento feliz. é duro. angústia também com isso de escrever. angustia com o mundinho dos escritores, sabendo tudo uma farsa necessária, de protocolos sociais e interesses pessoais. angústia em viver no brasil, com o país que fazemos. angústia em ter filho crescendo e não ver saída porque não há. também queria leveza. tenho a fantasia de que quem consegue é porque se fecha. pura fantasia. tenho saudades também. mas isso hoje seria também fantasia? cortar alguns vínculos com um mundo que quer nos abraçar e ficar apenas com o essencial para mim. mas o que me é essencial? dúvidas são uma merda. daí a angústia. mas não se pode parar. como parar por um tempo? pensei que por aqui conseguiria. ilusão. amarga. então é continuar enxugando gelo. quero fazê-lo da mehor forma. quero curtir enxugar gelo, quero gozar com isso, quero fazer corretamente, não apenas criticamente. mas enxugar gelo é muita coisa. enxugar gelo é muita gente. queria apenas enxugar. queria apenas apenas. mas não dá. o mundo é muita coisa. o mundo é muita gente. e todos falam a mesmo tempo. o mundo é muito ruído. queria ME CALAR. geralmente estou calado. mesmo quando falo. ninguém se escuta. eu não escuto. isso é a academia. e fora dela. mesmo a dois, poucos são os momenos de diálogo. vive-se só, morre-se só. filhos ganham autonomia e nos abandonam. volta-se à solidão. acho que é isso. bj sério e grande mesmo.
para marisa
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s