?

sua mãe comia com as mãos, seu pai
comia com os olhos, sua irmã comia
com os pés, a anoréxica não comia e
seu filho come pelas beiradas; ele
come como um crime, que comete
ao sabor do descaso, da culpa, da
fome; de noite se deita e relembra a
história que o consome; tem o gosto
da sua própria carne e do seu próprio
sangue no abdome; é entre os dez
dedos doídos e os muitos dentes roídos
que vive o dissabor da família sem nome.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s