ÁLBUM

§
cidades são ante-salas das coisas vividas
§
parques são cinemas em 180 graus na cabeça
§
estradas são sinais de fumaça para os pés
§
panelas são caixas que registram a ascendência
§
aviões são espirais intermináveis do passado
§
espelhos são maçãs da árvore do conhecimento
§
ruas são cordas em que esticamos o céu
§
postes são peças de um jogo de tabuleiro
§
praias são formigueiros nos cinco sentidos
§
óculos são jardins que escondem vida selvagem
§
pontos-de-ônibus são histórias de pescador
§
quartos são xícaras à beira da mesa
§
cabelos são garrafas vazias depois da festa
§
escolas são estantes cheias de pardais
§
discos são máquinas de voar que são discos
§
amigos são outros que nos levam a (ser) outros
§
casas são sapatos apertando pés suspensos
§
livros são bichos que criamos para nos matar
§
peles são vulcões que nascem ao rés do corpo
§
lábios são gestos de nossas mãos em flor
§
barbas são espinhos cultivados com ternura
§
mortos são pêlos brancos à mostra no nariz
§
escritos são escritos são escritos são escritos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s