DESASSOSSEGO

Existem escritores que me são fundamentais. Com outros, fico impressionado, espantado, concordo em serem maiores, mais importantes, mais profundos, mais elaborados, etc. No entanto, quando sinto que estou escrevendo demasiadamente hermético, formal ou banal, penso sempre em Rimbaud e, principalmente, Pessoa. A pungência que sinto ao ler seus textos me leva de volta aos primeiros deslumbramentos com livros. Particularmente Rimbaud não é leitura constante há muitos anos, mas uma referência inescapável. Já Pessoa me é obrigatório lecionar. As primeiras aulas foram um suplício, pois o que tinha vontade de falar ao ler um poema era sempre “Putz! O que é isso?”. E só. Hoje essa vontade ainda me persegue quando leio o Livro do desassossego. É possível, mas não tenho nenhum desejo de dizer algo sobre certas passagens, além de me mostrar espantado.
(…) Quase todos os homens sonham, nos secretos do seu ser, um grande imperialismo próprio, a sujeição de todos os homens, a entrega de todas as mulheres, a adoração dos povos, e, nos mais nobres, de todas as eras… poucos como eu habituados ao sonho, são por isso lúcidos o bastante para rir da possibilidade estética de se sonhar assim.
(…) Vejo-me célebre? Mas vejo-me célebre como guarda-livros. (…) Ouço-me aplaudido por multidões variegadas? O aplauso chega ao quarto andar onde moro e colide com a mobília tosca do meu quarto barato, com o reles que me rodeia, e me amesquinha desde a cozinha ao sonho. (…) O meu sonho falhou até nas metáforas e nas figurações. O meu império nem chegou às cartas velhas de jogar. A minha vitória falhou sem um bule sequer nem um gato antiquíssimo. Morrerei como tenho vivido, entre o bric-à-brac dos arredores, apreçado pelo peso entre os pós-escritos do perdido.

[fragmento 54]
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s