DESORIENTAL

zulu, by snowbros

DESORIENTAL
para Virgílio de Lemos

dias de índico: maputo
lastro telúrico outra orla
(des)afortunados nasceres do sol
no azul mais negro azul que bebo
em áfricos arquipélagos plenos de ilhas
virilhas da terra do sangue dos mares
os nomes: ibo ouamisi muipíti quirimbas
quilhas no rumor das brasas monções da lonjura
mix de salitre aromáticas especiarias rostos pintados
luz do mormaço no branco atlântico de meus olhos
coloridos a experimentar familiar estranheza
vinda à tez à vez talvez nos meus ouvidos
eu que nunca fui a moçambique

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s