SNOWBROS + MUSA MESTIÇA

áfrica, by snowbros

MUSA MESTIÇA

mnemosine, musa mestiça, brincas por ladeiras
onde deslizas, onde te lanças a impossíveis,
inúmeras montanhas-russas. no meu arruinado corpo
o sonho: secretas violações da história, precariedades
esculpidas no muro de vozes mudas. no corpo,
esquecimento é luxo divino, inexiste nos textos
que erram desertos; no corpo, esquecimento é
farsa filosófica, vazia do duro lirismo que sangra a pele;
no corpo, esquecimento nunca foi canteiro
sem espinhos, o que meu mal-estar não tolera.
mnemosine, musa semi-nua, passas a limpo as impurezas
que me levam no brusco influxo do bicho vital de mim-mesmo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s