SNOWBROS + ADICÇÃO

snowbros

Logo após gozar, me virei e abri um livro. É sempre assim: ler poemas após o gozo me parece ser a fórmula mais tolerável de manter o nível de intensidade de quando trepo. Intensidade: é exatamente disso que se trata, é disso que eu preciso desesperadamente. Vou atrás dela como um cão vagabundo vai atrás dos restos de comida nas latas de lixo, para se entupir nas madrugadas vazias. Costumo me alimentar com a idéia – que de resto deve ser biologicamente de fácil verificação – de que sexo e poesia me ativam algum tipo de química no corpo e que, por isso, me tornei dependente e não resisto a regulares ataques ninfo-poéticos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s