BLACK LANGUAGE POETRY




Face Mask: Gunye Gä or Gunyege Dan peoples,
Liberia or Côte d’IvoireWood, ironGift
of Mrs. Frederick M. Stafford, 91.416 (cat. 21)

CRUZ E SOUSA E SEU CÍRCULO

aos companheiros de simbolismo

rimbaud renega a poesia
portanto é grande poeta
troca a frança pela áfrica
já na metade faz merda:

lá se estabelece como
traficante de escravos
mas ele é inimputável
e maior, isto é, um poeta

maior (para preservá-lo
tarja preta sobre os olhos)

[Ronald Augusto, Confissões aplicadas, ame o poema editora, 2004]

Anúncios

Um comentário em “BLACK LANGUAGE POETRY”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s